Você quer saber tudo sobre a Força Aérea Brasileira (FAB)? Neste artigo, o Estratégia Militares trouxe o que há de mais importante sobre essa instituição militar. Acompanhe e descubra!

O que é a Força Aérea? 

Assim como o Exército Brasileiro e a Marinha do Brasil, a Força Aérea Brasileira faz parte das organizações denominadas como Forças Armadas.

O Artigo 142 da Constituição Federal de 1988 define: “as Forças Armadas, constituídas pela Marinha, pelo Exército e pela Aeronáutica, são instituições nacionais permanentes e regulares, organizadas com base na hierarquia e na disciplina, sob a autoridade suprema do Presidente da República”.

Desse modo, fica claro que a Força Aérea é uma dentre as Forças Armadas  do Brasil, subordinada diretamente ao Ministério da Defesa.  

Como ingressar na Força Aérea?

O ingresso na Aeronáutica ocorre por 3 diferentes meios: 

  • Concurso público para aqueles que almejam seguir uma carreira militar;
  • Processo seletivo para militares temporários; e
  • Alistamento para o serviço militar obrigatório. 

Abaixo segue uma lista dos principais concursos da Força Aérea:

ConcursosIdade na data da provaEscolaridade na matrícula
CPCARIdade mínima: 13 anos.Idade máxima: 17 anos.Ensino Fundamental completo
AFAIdade mínima: 16 anos.Idade máxima: 21 anos.Ensino Médio completo
EEARIdade mínima: 16 anos.Idade máxima: 23 anos.Ensino Médio completo
EAGSIdade mínima: 16 anos.Idade máxima: 24 anos.Ensino Médio completo e curso técnico na área específica
ITAIdade mínima: 16 anos.Idade máxima: 22 anos.Ensino Médio completo
CADARIdade máxima: 34 anos.Ensino Superior no curso de Odontologia 
CAFARIdade máxima: 34 anos.Ensino Superior no curso de Farmácia
CAMARIdade máxima: 34 anos.Ensino Superior no curso de Medicina
EAOAPIdade máxima: 32 anos.Habilitados nas respectivas especialidades
EAOEARIdade máxima: 34 anos.Ensino Superior em Engenharia

Como funciona a FAB?

A Força Aérea Brasileira é uma instituição militar. Por isso, existem muitas peculiaridades que a diferenciam de um trabalho convencional. Entretanto, deve-se destacar que há, também, semelhanças quando comparamos o expediente na FAB com o serviço em segmentos comuns. 

Entre as diferenças, citam-se:

  • Apresentação pessoal: forma pela qual a aparência do militar é avaliada. Uma vez que todo militar é uma representação da Força, ele deve seguir um conjunto de normas e diretrizes que norteiam o comportamento exemplar que é esperado do militar.
  • Serviços: a escala de serviço é algo que faz parte da vida militar. Não há remuneração extra para isso, uma vez que a dedicação exclusiva é um pré-requisito da carreira na caserna.
  • Missões: ser militar é uma atividade permanente. Desse modo, missões são designadas com frequência e, em muitos casos, sem aviso prévio. 
  • Condicionamento físico: uma vez que as atividades militares exigem uma boa condição física, é necessário que o militar esteja bem fisicamente. Para isso, os treinamentos físicos fazem parte da rotina diária.

Com relação às semelhanças, citam-se:

  • Horário de trabalho que dura, em média, 8 horas; 
  • Férias semelhantes às recebidas pelos trabalhadores convencionais; e
  • 13° como direito constitucional.

Qual a sua função?

Faz parte do quadro de funções da Força Aérea resguardar o espaço aéreo brasileiro, de forma que a soberania e a segurança dos poderes estejam assegurados. 

Essa função está explícita na segunda parte do já citado artigo 142 da Constituição Federal de 1988: “destinam-se à defesa da Pátria, à garantia dos poderes constitucionais e, por iniciativa de qualquer destes, da lei e da ordem”.

Desse modo, a Força Aérea é uma das Forças Armadas que têm a responsabilidade de proteger a nação e os interesses do país. 

Quais as patentes da FAB?

Assim como nas demais Forças Armadas, a Força Aérea divide o seu quadro de militares em dois segmentos: praças e oficiais. Confira! 

QUADROSPOSTOS E GRADUAÇÃO
Oficiais GeneraisMarechal do Ar, Tenente-Brigadeiro do Ar, Major-Brigadeiro e Brigadeiro.
Oficiais SuperioresCoronel, Tenente-Coronel e Major.
Oficiais IntermediáriosCapitão
Oficiais Subalternos1º Tenente, 2º Tenente e Aspirante
GraduadosSuboficial, 1º Sargento, 2º Sargento, 3º Sargento, Cabo e Soldado

Quais as organizações da Força Aérea?

A Força Aérea está organizada em 7 Comandos Aéreos Regionais (COMAR), sediados em: 

  • Belém (PA): COMAR I;
  • Recife (PE): COMAR II;
  • Rio de Janeiro (RJ): COMAR III;
  • São Paulo (SP): COMAR IV;
  • Canoas (RS): COMAR V;
  • Brasília (DF): COMAR VI; e
  • Manaus (AM): COMAR VII.

Vale ressaltar que, além desses, existe a previsão da criação do COMAR VIII, com sede em Campo Grande (MS).

Suas unidades espalham-se em todo o território nacional. Portanto, todas as áreas e regiões estratégicas do Brasil possuem uma organização da FAB. Citamos aqui as unidades que estão estabelecidas nos dois estados mais movimentados do Brasil. Confira!

  • São Paulo: ITA; AFA; EEAR; Base Aérea de São Paulo; Centro de Computação da Aeronáutica; Centro de Preparação de Oficiais da Reserva; Comando-Geral de Apoio; Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial; Quarto Esquadrão de Transporte Aéreo, entre outros.
  • Rio de Janeiro: Ala 11; Assessoria de Segurança Operacional do Controle do Espaço Aéreo; Batalhão de Infantaria da Aeronáutica Especial; Centro de Medicina Aeroespacial; Comissão de Estudos Relativos à Navegação Aérea Internacional, entre outros.

Base Aérea mais importante da FAB:

Historicamente, a Base Aérea de Natal (BANT) é considerada uma das mais importantes da Força Aérea, uma vez que marcou o início da história dessa instituição militar.

A Base Aérea de Natal, sediada em Parnamirim (RN), ganhou sua reputação ao atuar como um dos principais pontos que levaram os aliados à vitória na II Guerra Mundial. 

A sua importância foi tanta que essa base recebeu a alcunha de Trampolim da Vitória ao atuar no Teatro de Operações na África. Inclusive, ganhou uma citação presidencial dos Estados Unidos da América pela bravura de seus integrantes, que atuaram de forma heróica ao enfrentar a força nazista. 

Força Aérea Brasileira: Asas que protegem o País!

(lema da Força Aérea Brasileira)

Agora que você já sabe tudo sobre a Força Aérea Brasileira, continue acompanhando o Estratégia Militares. Assim, você fica por dentro dos assuntos mais interessantes da vida militar e aprende a melhor forma de ingressar nessa carreira. Não perca tempo, clique no banner e conheça os nossos cursos preparatórios!

Banner Estratégia Militares

Texto: Jared Pereira

0 Shares:
Você pode gostar também