Quer conhecer um pouco mais sobre os diferenciais que existem dentro da carreira na Força Aérea Brasileira? Então, confira o artigo que o Estratégia Militares preparou sobre o Curso de Formação de Oficiais Especialistas (CFOE)

O que é o CFOE?

Normalmente, as carreiras de praças nas Forças Armadas permitem que o militar que ingressou como 3º sargento progrida até o posto máximo de capitão. Entretanto, em algumas forças, como é o caso da Aeronáutica, os sargentos podem avançar até o posto máximo de coronel, três patentes acima de capitão. 

Dito isso, fica mais fácil entender o que é o Curso de Formação de Oficiais Especialistas (CFOE). O CFOE é o Curso Superior de Graduação Tecnológica que dá aos sargentos especialistas ㅡ do grupamento básico ㅡ a oportunidade de se tornarem oficiais da Força Aérea Brasileira

O Curso é ministrado pelo Centro de Instrução e Adaptação da Aeronáutica (CIAAR), situado em Lagoa Santa (MG). O período de formação possui duração de 2 anos e conta com instruções nos Campos Geral, Militar e Técnico-Especializado.

Como ingressar no CFOE? 

Para ingressar na instituição, o candidato deve passar por uma série de provas e etapas que compõem o Concurso de Admissão ao CFOE. Cabe ressaltar que o processo é destinado para militares da Força Aérea Brasileira e exclusivo aos sargentos do grupamento básico. Mas, afinal, o que é o grupamento básico?

Para que a compreensão do assunto seja completa, o Estratégia Militares trouxe um quadro que especifica quais são as especialidades do grupamento básico e do grupamento de serviço, além de compartilhar as diferenças e semelhanças entre elas. Confira!

Entenda as Especialidades da EEAR

GrupamentoBásico (B)Serviço (S)
SemelhançaSargentos formados na EEARSargento especialista da EEAR
DiferençaApós 8 anos de formado na EEAR, pode fazer o CFOE e chegar ao posto de Coronel.Não faz o CFOE. Após 16 anos de carreira, pode fazer o EAOF e chegar ao posto de Capitão.

Especialidades do Grupamento Básico: Mecânico de Aeronave (BMA), Equipamento de Voo (BEV), Estrutura e Pintura (BEP), Comunicações (BCO), Eletrônica (BET), Eletricidade e Instrumentos (BEI), Material Bélico (BMB), Controlador de Tráfego Aéreo (BCT), Fotointeligência (BFT), Suprimento (BSP) e Meteorologia (BMT).

Especialidades do Grupamento de Serviço: Guarda e Segurança (SGS), Bombeiro (SBO), Música (SMU), Admnistração (SAD), Informações Aeronáuticas (SAI), Informática (SIN), Cartografia (SCF), Desenho (SDE), Eletricidade (SEL), Obras (SOB), Pavimentação (SPV), Topografia (STP), Enfermagem (SEF), Laboratório (SLB), Radiologia (SRD), Eletromecânica (SEM) e Metalurgia (SML).

Concurso CFOE

Como foi mencionado acima, os sargentos especialistas que almejam alcançar o oficialato devem passar pelo Curso de Formação de Oficiais Especialistas e, para isso, precisam ser aprovados em todas as etapas do concurso. Abaixo, confira quais são essas etapas e pegue o bizu, guerreiro!

  1. Provas Escritas;
  2. Parecer da Comissão de Promoções de Oficiais (CPO);
  3. Inspeção de Saúde (INSPSAU);
  4. Exame de Aptidão Psicológica (EAP);
  5. Teste de Avaliação do Condicionamento Físico (TACF); e
  6. Validação Documental.

A primeira etapa é composta pelas disciplinas de Língua Portuguesa, Língua Inglesa, Matemática, Conhecimentos Especializados (CE) e Redação. O tempo de realização da prova do CFOE é o mesmo do concurso da EEAR, ou seja, 4 horas e 20 minutos. 

Bizu Estratégico: o bizu máximo para ser aprovado no CFOE é obter a melhor nota possível nos conhecimentos especializados, uma vez que o peso dessa disciplina é três vezes maior que o peso das demais matérias. Além disso, no critério de desempate, leva a melhor quem obtiver a maior nota nos CE.

Inscrições

Diferente dos concursos da ESA, da EEAR e da EsPCEX, o CFOE é um concurso interno. Confira os requisitos básicos para participar desse exame!

  • Ser voluntário;
  • Inscrever-se por meio do Formulário de Solicitação de Inscrição (FSI);
  • Pagar a taxa de inscrição;
  • Possuir especialidade compatível com o Quadro a que pretende concorrer; e
  • Ser militar da ativa do Grupamento Básico, do Quadro de Sargentos e Subtenentes da Força Aérea Brasileira.

Informações Gerais

O nível de instrução dado aos Alunos do CFOE é um dos maiores dentre os cursos de formação militar existentes no Brasil. A formação no CIAAR ocorre no período de dois anos, nos quais são ministradas instruções no Campo Geral, Militar e Técnico-Especializado. Após a conclusão do Curso, os alunos são elevados ao posto de 2º Tenentes da FAB.

Ao todo, 7 módulos de especialidades concorrem ao CFOE. Em alguns desses módulos existe a disputa entre mais de uma especialidade, como é o caso do Quadro de Oficiais Especialistas em Comunicações (QOECom) e em Aviões (QOEAv). Abaixo, confira as especialidades e os seus respectivos quadros!

Quadro de Oficiais Especialistas(QOE)Quadro de Sargentos e Subtenentes(QSS)
Comunicaçãopara BCO, BET e BEI
Suprimentopara BSP
Aviõespara BMA, BEP e BEV
Meteorologiapara BMT
Armamentopara BMB
Controle de Tráfegopara BCT
Fotografiapara BFT

Vale ressaltar que o concurso costuma abrir anualmente. Entretanto, alguns quadros não estão disponíveis em todas as edições, como é o caso de Meteorologia, Foto e Quadro de Armamento, que não estiveram presentes no último concurso do CFOE, aplicado em 2020 para ingresso no CIAAR em 2021.

Edital CFOE

Embora o concurso do CFOE sofra muitas variações, ainda assim, existe um padrão possível de ser estabelecido. Pensando em facilitar a sua jornada, o Estratégia Militares separou para você as principais informações do edital CFOE 2020, que podem ser usadas como parâmetro para a sua preparação. Confira!

  • Público-Alvo: graduados da Força Aérea Brasileira de ambos os sexos;
  • Disciplinas: Português, Inglês, Matemática, Conhecimentos Específicos (CE) e Redação. Vale relembrar que CE é a disciplina de maior peso no concurso e a primeira a ser considerada no critério de desempate;
  • Duração: o exame possui duração de 4 horas e 20 minutos; e
  • Vagas: 19 vagas distribuídas entre os Quadros de Aviões (4 vagas), Comunicações (4 vagas), Controle de Tráfego Aéreo (7 vagas) e Suprimento Técnico (4 vagas).

Agora que você já sabe tudo sobre o CFOE, continue acompanhando o Estratégia Militares! Assim, a aprovação deixa de ser um sonho para se tornar uma realidade. Não perca tempo, combatente! Clique no banner e conheça os nossos cursos!

Banner Estratégia Militares

Texto: Jared Pereira

Você pode gostar também