Quer saber tudo sobre o militar Engenheiro da Aeronáutica? Neste artigo, o Estratégia Militares trouxe o que há de mais importante sobre essa profissão. Acompanhe e descubra!

O que é um Engenheiro da Aeronáutica?

Assim como qualquer outro integrante da Força Aérea, da Marinha ou do Exército Brasileiro, o engenheiro da Aeronáutica é um militar altamente capacitado para agir de forma que o sucesso das missões empregadas pela Força seja garantido.

A formação desse militar de carreira é altamente específica e ocorre por meio do Centro de Instrução e Adaptação da Aeronáutica (CIAAR), sediado em Lagoa Santa (MG). O CIAAR é a instituição militar responsável por ministrar o Estágio de Adaptação de Oficiais Engenheiros da Aeronáutica (EAOEAR). 

O que faz um Engenheiro da Aeronáutica?

A primeira formação desse indivíduo é a graduação, ainda como civil, em engenharia. Portanto, é evidente que, ao ingressar na Aeronáutica, o engenheiro utiliza os conhecimentos técnicos e científicos da sua graduação anterior para o desenvolvimento das atividades na Força Aérea Brasileira

Porém, muito além disso, o engenheiro que ingressar na FAB deve seguir uma série de normas e preceitos que nortearão a sua jornada na vida militar. Desse modo, o Engenheiro da Aeronáutica também participa de cursos, palestras e de atividades que tenham relação direta com o militarismo.

Cabe ressaltar que, além desse suporte dado à Aeronáutica, o engenheiro militar atua em diversas missões de comando, uma vez que faz parte do quadro de Oficiais Engenheiros (QOEng) da Força Aérea Brasileira.

Engenheiro Aeronáutica
O engenheiro militar também é responsável por auxiliar os especialistas da FAB em suas missões.

Concurso para Engenheiro da Aeronáutica

O engenheiro que deseja se tornar um oficial da Força Aérea Brasileira deve ser aprovado e classificado no Exame de Admissão ao Estágio de Adaptação de Oficiais Engenheiros da Aeronáutica (EA EAOEAR). 

Com relação às vagas, cabe ressaltar que o candidato pode concorrer somente a uma das especialidades/engenharias propostas pela comissão de aplicação do concurso. Além disso, a abertura das vagas ocorre de acordo com a necessidade da Administração da Força Aérea Brasileira. 

As especialidades/engenharias que geralmente estão presentes no EAOEAR, são: Civil (CIV), da Computação (CMP), Eletrônica (ELN), Elétrica (ELT), Metalúrgica (MTL), Mecânica (MEC), Química (QUI), e de Telecomunicações (TEL).

Condições para incrição no concurso EAOEAR

  • Ser brasileiro nato e voluntário ao estágio;
  • Estar ciente das normas relativas às instruções do edital;
  • Não completar 36 anos de idade no ano da matrícula;
  • Inscrever-se por meio do Formulário de Solicitação de Inscrição; e
  • Pagar a inscrição e comprovar o pagamento.

Etapas do Concurso de Admissão ao EAOEAR

O Concurso de Admissão ao EAOEAR conta com várias etapas, sendo que a primeira delas é a Prova Escrita. Ao todo, são oito etapas, confira abaixo: 

  1. Provas Escritas;
  2. Verificação de Dados Biográficos e Profissionais (VDBP);
  3. Parecer da Comissão de Promoções de Oficiais, para militares da FAB;
  4. Inspeção de Saúde (INSPSAU);
  5. Exame de Aptidão Psicológica (EAP);
  6. Teste de Avaliação do Condicionamento Físico (TACF);
  7. Procedimento de Heteroidentificação Complementar (PHC); e
  8. Validação Documental.

Disciplinas das provas escritas

Na Prova Objetiva do Concurso EAOEAR, o candidato precisa responder questões relacionadas à sua formação anterior. Confira o que é cobrado na avaliação: 

  1. Gramática e Interpretação de Texto;
  2. Conhecimentos Especializados (CE) da área pretendida; e
  3. Redação Dissertativa-Argumentativa.

O que é estudado no curso?

O Estágio de Adaptação de Oficiais Engenheiros da Aeronáutica (EAOEAR) tem duração de 17 semanas e compreende as instruções nos Campos Geral, Militar e Técnico-Especializado, bem como de atividades complementares. 

As instruções ministradas no Campo Geral visam o aperfeiçoamento do estagiário para que ele desenvolva aspectos teóricos e práticos no gerenciamento de pessoas e situações adversas que possam surgir durante a sua futura rotina como oficial.

Com relação ao Campo Militar, as instruções tem o intuito de incutir ao estagiário valores éticos e morais que são inerentes à vida castrense na tropa. Assim, o estagiário estará apto a desenvolver sentimentos de vibração, devoção e entusiasmo pela carreira na Força Aérea Brasileira.

Além disso, cabe ressaltar que dentro do Campo Militar ocorre também o Treinamento Militar Básico, durante 21 dias corridos. Esse treinamento é uma preparação intensiva que faz parte do Estágio de Adaptação à vida militar e possibilita que os estagiários provem sua aptidão para o futuro oficialato. 

Por fim, as instruções ministradas no Campo Técnico-Especializado visam adaptar o estagiário de acordo com a necessidade da Força Aérea. Aqui, vale ressaltar que não há uma nova abordagem da engenharia. Mas, em vez disso, ocorre uma adaptação referente a área de atuação dentro da Aeronáutica.

Qual o salário de um Engenheiro da Aeronáutica?

O engenheiro da Aeronáutica é um oficial da Força Aérea e, por esse motivo, tem a sua remuneração equiparada à tabela de soldo dos oficiais das Forças Armadas

Abaixo, confira a tabela dos soldos que o Engenheiro da Aeronáutica pode receber ao longo de sua carreira:

POSTOSOLDO 
Major-BrigadeiroR$ 12.912,00
BrigadeiroR$ 12.490,00
CoronelR$ 11.451,00
Tenente-CoronelR$ 11.250,00
MajorR$ 11.088,00
CapitãoR$ 9.135,00
Primeiro-TenenteR$ 8.245,00 

Por fim, vale ressaltar que a remuneração do militar é composta basicamente por duas partes: a parte fixa (soldo) e a parte variável (adicionais). Portanto, um Primeiro-Tenente Engenheiro, recém-formado no EAOEAR, ganha uma remuneração inicial próxima de R$ 11.000,00.

Gostou do texto? Então, continue acompanhando o Estratégia Militares! Assim, você fica por dentro de tudo que rola na vida militar, além de receber conteúdos que o deixarão cada vez mais próximo da aprovação. Não perca tempo, guerreiro! Clique no banner e conheça os nossos cursos preparatórios!

Cursos AFA

Texto: Jared Pereira

Você pode gostar também