Quer conhecer quais são os tipos de fardas da Aeronáutica? O Estratégia Militares separou muitas informações e curiosidades sobre os uniformes da Força Aérea Brasileira para você.

A Força Aérea Brasileira (FAB) é regida por diversos regulamentos, normas, instruções e portarias. Dentre elas, o Regulamento de Uniformes para os Militares da Aeronáutica (RUMAER) é aquele que tem a finalidade de estabelecer os uniformes e regulamentar sua classificação, discriminação, composição e utilização.

Como são as fardas da Aeronáutica?

Cada fardamento tem uma finalidade específica, mas todos eles possuem elementos que remetem à FAB. Os uniformes possuem regras acerca da sua composição e peças complementares, que englobam os equipamentos, insígnias e distintivos. 

A utilização dos uniformes varia entre as unidades, mas, de maneira geral, os fardamentos mais utilizados pela FAB são o 7º, 8º, 9º, 10º, 11º, 12º, 13º e 15º. Esses uniformes são utilizados nas suas variações de “A” até “E”, no caso do 7º uniforme, e até “F”, no caso do 12º uniforme.

Além dos uniformes, fazem parte também os abrigos para a proteção contra a chuva e o frio. O Regulamento de Uniformes para os Militares da Aeronáutica (RUMAER) regulamenta 24 abrigos que podem ser utilizados com o fardamento correspondente. Um exemplo é o abrigo quatro, que é regulamentado para ser vestido com os 6º e 7º uniformes. 

Os itens de uma Farda da Aeronáutica

O 8º uniforme – ou o macacão de voo –, por exemplo, é destinado a oficiais, graduados, cadetes e alunos em atividades de voo. O fardamento é composto pelo gorro azul-aeronáutica (bibico), camiseta branca, macacão verde de voo, meia de cano longo preta e meia-bota preta.

As peças complementares também fazem parte do 8o uniforme, como

  • O abrigo número 8: jaqueta verde de voo;
  •  O abrigo número 10 – capa de chuva azul aeronáutica; 
  • Cachecol, de uso eventual;
  • Luva de voo; 
  • Porta-pistola de peitoral preto, de uso eventual); e 
  • Tarjeta de couro preto: contém o posto ou graduação e o tipo sanguíneo do militar.

Há alguns itens que também fazem parte da composição das fardas da Aeronáutica e ajudam na identificação do militar, como: 

  • A identificação da nacionalidade: chamada de manicaca, localizada na manga esquerda do macacão de voo; 
  • Plaqueta metálica de identificação, de uso eventual; 
  • Insígnias designativas de posto, graduação, série ou período escolar; 
  • Distintivo de Organização Militar (DOM) do lado direito no bolso;
  • Distintivo de Condição Especial (DCE); e 
  • Distintivo de Organização Militar (DOM) do Comando Operacional ao qual a unidade está subordinada, localizado do lado direito na manga.

Quais são as fardas da aeronáutica?

As fardas da aeronáutica são classificados em quatro grupos: históricos, de representação, de serviços e de desfile militar, ou guarda-de-honra. 

Uniformes históricos

Os uniformes históricos são fardas que compõem o histórico da Força Aérea e da Organização Militar (OM) a que ele pertence. É utilizado em formaturas, eventos ou em datas importantes para a FAB, que tenham a participação de autoridades. A FAB possui dois uniformes: o uniforme histórico da Academia da Força Aérea (AFA) e o uniforme histórico de guarda-de-honra.

Os uniformes históricos são destinados aos oficiais, aos cadetes, aos graduados e aos praças da AFA, além das demais unidades que recebem o evento.

Uniformes de representação

Os uniformes de representação são aqueles usados em solenidades, recepções, cerimônias e reuniões, de caráter oficial ou particular. As fardas de representação são divididas em quatro categorias, sendo eles os uniformes de gala, de rigor, de passeio completo e de passeio.

  • O uniforme de gala, denominado como 1º uniforme, é destinado exclusivamente aos comandantes das OM ‘s, às autoridades aeronáuticas e aos cadetes da AFA;
  • Os uniformes de rigor são compostos pelos 2º “A”, 3º “A”, 4º “A” e “B” uniformes . Esses uniformes são destinados aos oficiais, aos graduados, aos cadetes e aos alunos dos centros de formação ou de adaptação de oficiais e sargentos. Em algumas variações é autorizado o uso por praças que compõem o efetivo da banda de música;
  • Os uniformes de passeio completo são compostos pelos 2º “B”, 3º “B”, 5º “A” e “B” uniformes. Esses fardamentos são destinados a oficiais, suboficiais, sargentos, cadetes e alunos dos centros de formação ou de adaptação de oficiais e da Escola de Especialistas da Aeronáutica (EEAR), além de cabos, soldados e taifeiros; e
  • O uniforme de passeio é composto pelo 7º uniforme “A” e “C”. É o principal uniforme da FAB. Destina-se ao uso interno e externo das unidades, além de ser autorizado para todo o efetivo, desde oficiais até os praças.

Uniformes de serviços

Os uniformes de serviços são aqueles usados na execução das atividades diárias ou tarefas especiais. Esses uniformes se dividem em duas categorias: os de serviços administrativos e os de serviços técnico-especializados.

Os uniformes para os serviços administrativos são aqueles usados para o desempenho das atividades internas. Os uniformes de serviços administrativos são o 6º “A” e “B”; e o 7º “B”, “D” e “E”.

Já os uniformes para os serviços técnico-especializados são categorizados de acordo com sua utilização. São eles:

  • 8º Uniforme – voo; 
  • 9º Uniforme “A” e “B” – exercícios de condicionamento físico e atividades desportivas; 
  • 10º Uniforme – campanha, serviço e instrução militar; 
  • 11º Uniforme “A”, “B” e “C” – instrução militar, manutenção e conservação e limpeza; 
  • 12º Uniforme “A”, “B”, “C”, “D”, “E” e “F” – trabalhos de subsistência e barbearia; 
  • 13º Uniforme – saúde; 
  • 14º Uniforme – motociclismo; e 
  • 15º Uniforme – contra incêndio.
Cadete aviadora da AFA com 8º uniforme
Fonte: Divulgação – Cb. Feitosa / Força Aérea Brasileira

Uniformes de desfiles militares ou de guarda-de-honra

Os uniformes para desfile militar ou guarda-de-honra são utilizados em datas comemorativas ou em eventos dentro ou fora das unidades militares, que tenham a participação da FAB.

Para os desfiles militares ou guardas-de-honra são utilizados o 16º “A”, “B” e “C”, e o 17º “A”, “B” e “C”.

Os membros do efetivo da Polícia da Aeronáutica (PA) são quem mais usam os uniformes. Eles participam dos eventos como balizadores de trânsito de automóveis e pessoas, sentinelas, guarda-bandeiras, entre outras funções.

Como identificar a patente na farda?

As patentes dos militares são facilmente identificadas pelas insígnias. A localização das insígnias variam de acordo com a patente. Os oficiais possuem suas insígnias sobre: 

  • Os ombros, nas chamadas platinas; 
  • Nas pontas das golas da canícula (camisa azul), do macacão de voo, do macacão de manutenção ou da gandola; e 
  • Descrito na tarjeta ou camiseta do militar.

Nos uniformes de gala e representação, as insígnias dos oficiais são feitas em metal prata. Já nos uniformes de serviços, como o 10º, as insígnias são bordadas na cor preta, enquanto que no 11º uniforme, são bordadas na cor branca e no 13º, bordadas na cor azul.

Os graduados e praças possuem suas patentes localizadas nas mangas das fardas. Todas as divisas são bordadas e as cores variam entre preto, branco ou azul de acordo com o uniforme.

Tropa de alunos da EEAR com 6º uniforme
Fonte: Divulgação – Sgt. Batista / Força Aérea Brasileira

Regulamento de uso das fardas da Aeronáutica

O Regulamento de Uniformes para os Militares da Aeronáutica (RUMAER) tem por finalidade estabelecer os uniformes e regulamentar sua classificação, discriminação, composição e utilização.

Cada uniforme visa representar os valores da Aeronáutica e tem a finalidade de ser funcional para cada tarefa exercida pelos militares, além de ser adequado às diversas condições climáticas das regiões em que a FAB está presente. 

Os uniformes contidos no RUMAER são de uso privativo dos militares da Aeronáutica. Além disso, o regulamento também estabelece que é dever de todo militar da Aeronáutica fiscalizar seus subordinados e exigir uso correto dos uniformes.

As penalidades, aos que descumprem o regulamento, são as advertências verbais, as advertências por escrito pelo Formulário de Transgressão Disciplinar (FATD) e até as prisões.

O regulamento faz parte do Regulamento do Comando da Aeronáutica (RCA) 35-2/2016 e pode ser acessado no site da FAB.

Curiosidades

  • O porte de telefones celulares é autorizado somente com o uso de uma capa preta fixada na cintura dos uniformes de representação;
  • Quando o militar está fardado e é motociclista, o RUMAER determina que o capacete deve ser discreto, nas cores azul, preto ou branco, com o mínimo de adesivos decorativos;
  • As fardas são fornecidas gratuitamente aos praças – soldados e cabos – pelo almoxarifado de cada unidade, enquanto os graduados – sargentos e suboficiais – e oficiais recebem um valor adicional no soldo para comprarem as fardas no chamado “Faturamento”;
  • No fim do tempo de serviço dos praças, são devolvidas todas as fardas e materiais cedidos pela FAB para o uso nos serviços prestados; e
  • O tecido do 10º uniforme pode ser utilizado como filtro de água em operações extremas, com limitações de recursos.

Agora que você conhece o RUMAER, continue acompanhando o Estratégia Militares! Assim você fica por dentro dos assuntos mais importantes sobre o militarismo e pode se preparar da melhor forma para o ingresso na carreira militar. Clique no banner e conheça nossos cursos preparatórios! Vem ser coruja!

Você pode gostar também