Seu sonho é ser parte da Marinha do Brasil? Para isso, uma opção é integrar o Corpo de Fuzileiros Navais! Neste texto, o Estratégia Militares traz para você as principais informações sobre essa Unidade Militar. Acompanhe e confira!

Corpo de Fuzileiros Navais: o que é? 

O Corpo de Fuzileiros Navais (CFN) é uma das Unidades Militares da Marinha Brasileira e atua em todo o território nacional – no litoral e em áreas ribeirinhas. O CFN conta com um dos treinamentos mais exigentes entre todas as divisões das Forças Armadas e funciona como uma Tropa de Elite da Marinha do Brasil. 

O lema do Corpo de Fuzileiros Navais é ADSUMUS, que significa “aqui estamos”, fazendo referência aos sentimentos de alerta e prontidão, que são constantes para esses militares.

Funções do CFN

Em períodos de conflito, a função dos membros do Corpo de Fuzileiros Navais é uma das mais arriscadas. Eles são responsáveis pelo primeiro combate, desembarcando por via marítima em território inimigo. Depois que o domínio do território é realizado pelo CFN, as demais organizações militares entram no conflito. 

Em período de paz, o Corpo de Fuzileiros Navais é responsável pelo auxílio a populações carentes de áreas remotas e pela segurança das instalações da Marinha. Em conjunto com demais unidades dessa Força, controlam o desembarque em áreas costeiras

Além dessas funções, realizadas no Brasil, o CFN também atua em outros países, na segurança de embaixadas e também em Missões de Paz, como a do Haiti, entre 2004 e 2017.

Corpo de Fuzileiros Navais

História do Corpo de Fuzileiros Navais

O Corpo de Fuzileiros Navais teve origem com a Brigada Real da Marinha, unidade portuguesa que chegou ao Brasil junto com a Família Real em 1808, quando a Corte Portuguesa fugiu das invasões napoleônicas

Seu batismo de fogo aconteceu no mesmo ano, 1808. O conflito ocorreu em Caiena, na Guiana Francesa, e ocorreu para impedir Napoleão Bonaparte de usar a região para chegar ao território brasileiro e, assim, ter acesso à região amazônica. A ação militar garantiu a posse do atual território do Amapá

Além disso, os fuzileiros navais também tiveram participação na Guerra da Cisplatina. Já na segunda metade do século XX, atuaram como observadores na ONU em locais de tensão, como Ruanda, Angola, Moçambique e Bósnia. 

Em 1932, a organização passou a ser chamada oficialmente de Corpo de Fuzileiros Navais. Durante a Segunda Guerra Mundial, tiveram uma participação ativa na defesa costeira de todo o território nacional, quando atuavam embarcados em navios mercantes, buscando garantir a segurança do país e evitar a pirataria

Como ser parte do CFN? 

O acesso ao CFN pode acontecer de duas maneiras: pelo Concurso Escola Naval ou pelo Concurso Fuzileiro Naval. Os Oficiais Combatentes Fuzileiros Navais devem passar pela formação na Escola Naval, que é uma formação militar de nível superior, com duração de 5 anos, em regime de semi-internato. A Escola Naval fica no Rio de Janeiro e os oficiais graduados na instituição ocupam os primeiros postos na carreira de Oficiais Fuzileiros Navais.

Os Praças passam pelo concurso Fuzileiro Naval e sua formação ocorre no Centro de Instrução Almirante Milcíades Portela Alves (CIAMPA) ou no Centro de Instrução e Adestramento de Brasília (CIAB). A duração do curso é de 18 semanas, em regime de internato até a oitava semana, e semi-internato até o fim do curso

O Concurso é exclusivo para homens de 18 a 21 anos. Lá, o aluno aprenderá técnicas de combate urbano, operação na selva, paraquedismo, sobrevivência no mar, entre outros conhecimentos necessários para militares desta unidade. 

Treinamento do Corpo de Fuzileiros Navais

O treinamento do CFN é um dos mais intensos entre as Forças Armadas. Por isso, o teste de aptidão física para ingresso na instituição também é rigoroso. O TAF conta com: 

  • Natação: em que o candidato deverá nadar 50 metros em até dois minutos 
  • Corrida: de 3.300 metros em até 19 minutos; 
  • Abdominais: 38 em 1 minuto; e 
  • 3 flexões na barra. 

Já dentro do CFN, o treinamento físico é constante e compreende: rapel, primeiros socorros, patrulhas fluviais e terrestres, além de outras atividades que buscam treinar os militares e mantê-los em sua melhor forma física

Gostou de saber mais sobre o Corpo de Fuzileiros Navais? Se seu sonho é ingressar na Marinha Brasileira, saiba que o Estratégia Militares pode ajudar você a alcançar essa meta! Conheça nossos cursos voltados ao ingresso na marinha clicando no banner abaixo!

Curso Online para provas da Marinha - Estratégia Militares
0 Shares:
Você pode gostar também