Tem interesse em entender melhor como funciona a divisão hierárquica dentro da Força Naval? Então, acompanhe o texto que o Estratégia Militares preparou sobre as Patentes da Marinha

Quais são as Patentes da Marinha?

Popularmente conhecidas como patentes, essas classificações denotam o cargo hierárquico que o militar ocupa ao longo de sua carreira

Basicamente, as patentes são divididas em dois quadros: das praças e dos oficiais. Assim, surge a famosa distinção entre Posto e Graduação. 

  • Posto: está diretamente ligado aos oficiais. Tenente, Capitão e Almirante são as patentes relacionadas a esse grau hierárquico.
  • Graduação: está relacionada às praças. Marinheiro, Cabo, Sargento e Suboficial são as patentes pertencentes a esse grau hierárquico.

Postos da Marinha

Oficiais Generais

Assim como os Generais do Exército e os Brigadeiros da Força Aérea Brasileira, os postos de Almirante, Almirante de Esquadra, Vice-Almirante e Contra-Almirante são responsáveis pelo alto comando militar na Marinha do Brasil.

A palavra Almirante deriva do Árabe “amir-al-bahr” e é traduzida por “comandante do mar”. Vale ressaltar que o Almirante de Esquadra é o posto mais alto em tempos de paz, uma vez que o posto de Oficial General Almirante só existe em tempos de Guerra. 

Patentes da Marinha
A diferenciação de algumas patentes está relacionada à habilitação para comandar certas embarcações.

Oficiais Superiores

Para entender a distinção entre cada um dos postos dos oficiais superiores, é preciso saber de onde surgiram seus nomes: Corveta, Fragata e Navios de Guerra.

Antigamente, as embarcações eram classificadas de acordo com o número de conveses e canhões que possuíam. Dessa forma, aquele que tinha um convés de canhões era denominado de Corveta. As Fragatas eram as de dois conveses de canhões e as Naus, ou Navios de Guerra, eram as que tinham três conveses de canhões. 

  1. Capitão de Mar e Guerra: é o mais antigo entre os postos de oficiais superiores. Possui interstício de 4 a 9 meses. É o comandante do Navio-Aeródromo e do Navio de Desembarque;
  2. Capitão de Fragata: é o intermediário entre os postos de oficiais superiores. Seu interstício é de 5 anos. Navios-Transporte, Contratorpedeiros, Submarinos e Fragatas estão sob o seu comando; e
  3. Capitão de Corveta: entre os postos de oficiais superiores é o de menor nível hierárquico e possui interstício de 6 anos. Comanda o Navio de Corveta, além dos Navios-Patrulha e Rebocadores de Alto-Mar.

Oficiais Intermediários

É formado pelo posto de Capitão-Tenente, cuja função é fazer o elo entre os oficiais superiores e os oficiais subalternos. Esse militar atua no comando dos Navios-Varredores e Navios-Patrulha. 

O posto de Capitão-Tenente é intermediário e possui 6 anos de interstício. Após esse período, o militar é promovido ao posto de Capitão de Corveta.

Oficiais Subalternos

  1. Tenente: é um dos postos mais operacionais e divide-se em 1º e 2º Tenente.
  • 1º Tenente: é o posto que sucede o 2º Tenente. Assim como o 2º Tenente, exerce a função de comandante de pelotão. Possui interstício de 3 anos; e
  • 2º Tenente: é o primeiro posto de oficialato a ser exercido pelos militares de carreira. O interstício é de 2 anos.
  1. Guarda-Marinha (praça especial): tem a função semelhante ao do aspirante-a-oficial, ou seja, é um posto ocupado por um período transitório e probatório na vida do militar recém-egresso da Escola Naval. Possui interstício de 6 meses.

Graduações

Praças da Marinha do Brasil

  1. Suboficial: é o maior nível hierárquico entre os praças, por isso, é o mais antigo. É encarregado do material e, às vezes, ocupa a função de chefe de seções administrativas.
  2. Sargento: é a graduação conhecida como elo entre o comando e a tropa. Divide-se em 1º, 2º e 3º sargento.
  • 1º Sargento: é o mais antigo. O militar de carreira fica 5 anos nessa graduação. Empregado prioritariamente em atividades administrativas;
  • 2º Sargento: é o intermediário. O militar de carreira fica 5 anos nessa graduação. É o adjunto de pelotão; e
  • 3º Sargento: é o menos antigo dos três. O militar de carreira fica 5 anos nessa graduação. Comandante das pequenas frações (grupo de combate).
  1. Cabo: praça que possui nível hierárquico maior que do marinheiro e menor que do 3º Sargento. Responsável por fiscalizar a execução das tarefas relacionadas ao marinheiro. Possui um interstício de 6 anos.
  2. Marinheiro: é o praça de menor nível hierárquico. Auxiliar executante das tarefas operacionais ou administrativas. O praça de carreira fica 3 anos nessa graduação.

Curiosidades das Patentes da Marinha

Agora que você conhece os postos e as graduações da Marinha, o Estratégia Militares separou algumas curiosidades sobre as Patentes. Confira abaixo! 

Distinção entre as Patentes da Marinha

Você sabe como é feita a distinção hierárquica entre militares do mesmo posto ou da mesma graduação? 

  • Antiguidade: é o meio pelo qual se estabelece a diferenciação hierárquica. O sistema leva em consideração a patente, a função e o momento de ingresso na Força Armada. O Almirante é o mais antigo dos militares; e
  • O mais antigo: é o militar de maior posto ou graduação. Em casos de equivalência de Patentes da Marinha, o mais antigo é aquele que ingressou primeiro.

Patentes da Marinha especiais

Algumas patentes da Marinha só podem existir em determinado período, enquanto outras só podem ser atribuídas a alguns tipos de militares. O posto de Almirante, por exemplo, só existe no período de Guerra.

Praça Especial é uma condição que só é concedida aos Guardas-Marinhas, aos Aspirantes-a-Oficial e aos Alunos de órgãos específicos de formação.

O que é Promoção no meio militar?

Assim como ocorre em algumas carreiras, a progressão da carreira é garantida por meio da lei. Essa progressão é denominada de Promoção.  Para receber a Promoção e ser promovido, alguns fatores são levados em consideração, entre eles estão: a antiguidade e o mérito.

O que é Interstício na carreira militar?

Interstício é o intervalo que vincula a permanência e a promoção do militar em um posto ou uma graduação. Por exemplo, o interstício de 2º Sargento é de 8 anos. Ou seja, o militar será promovido à graduação de 1º Sargento após 8 anos de serviço como 2º Sargento.

Gostou do texto? Então, continue acompanhando o Estratégia Militares para receber mais conteúdos como esse! Não perca tempo, clique no banner e conheça os nossos cursos preparatórios! Vem ser coruja!

Banner Estratégia Militares

Texto: Jared Pereira

0 Shares:
Você pode gostar também